A verdade que ninguém nunca contou a você sobre dores de dentes

Só quem já teve de dor de dente, sabe como é horrível a sensação e não saber como resolvê-la piora ainda mais as coisas! Acontece que a dor pode não ser simplesmente dor de dente, ela pode ter várias causas como a sensibilidade, gengivite, cáries, traumatismo dentário, o envelhecimento precoce do dente ou, o que mais afeta a população hoje em dia, a hipersensibilidade.

Segundo o levantamento feito pelo Ministério da Saúde, em 2010, a respeito das condições da saúde bucal dos brasileiros, tomamos conhecimento que nos seis meses anteriores à pesquisa, dos jovens na faixa entre 15 e 20 anos, 24,7% tiveram dor de dente e entre os adultos, 27,5% tiveram a queixa, enquanto os idosos representaram 10,8% —a explicação para o menor percentual nesse grupo é a perda dentária.

A dor pode começar de maneira leve, aos poucos e se tornar uma dor aguda. Ela pode ser contínua ou intermitente, de aparecer e ir embora ou até persistir com o tempo, ela tornando-se crônica e, nesse caso, na maioria das vezes está relacionada ao contato anormal das arcadas superior e inferior dos dentes.

Na hora do sofrimento, é comum tomar um remédio e esperar a dor passar, o que infelizmente acontece é de muitas pessoas fazerem isso e se esquecerem de voltar ao dentista para investigar o porquê da dor. É preciso entender por que o dente dói e cuidar do problema, garantindo, que ele não haja maiores prejuízos.

Aqui estão algumas coisas que talvez, nunca te contaram sobre as dores de dente:

1 – O problema pode ser na gengiva

As causas da dor de dente podem ser variadas, fazendo com que seja importantíssimo um diagnóstico profissional. Essa dor pode se dar por lesões cariosas, pulpite, inflamação por causa da presença de alimentos retidos na gengiva e a gengivite também podem causar essa dor.

2 – A automedicação não resolverá seus problemas!

Tomar analgésicos ou anti-inflamatórios por conta própria além resolver o problema momentaneamente, traz risco sérios à sua saúde por conta de dosagem errada e até mesmo o uso de medicamentos não receitados por um profissional.

Nesses casos, procure fazer um bochecho com água morna e sal para aliviar a dor até que você consiga procurar ajuda médica. Caso a dor ocorra durante a noite, você pode dormir com a cabeça elevada para diminuir a pressão e aliviar o incômodo.

3 – Sorriso bonito não significa nada!

Ter um sorriso esteticamente bonito não significa que sua saúde bucal está em dia! Muito mais do que lentes de contato e um sorriso branquinho, é importante que você priorize sua visita de 6 em 6 meses ao dentista para tratar e prevenir doenças dentárias.

O acompanhamento com seu dentista além de solucionar suas dores, ajudar a prevenir que venham a ocorrer outros problemas e desconfortos. O periodontista é o profissional indicado para te auxiliar nesses casos.

Essas são algumas verdades, se você ainda tem alguma dúvida entre em contato conosco e agende sua consulta. A Odontologia Clean conta com profissionais capacitados e prontos para te ajudar.

AGENDE UMA CONSULTA AGORA!