Como acabar com o problema do mau hálito

Dos 6 sentidos que possuímos, o olfato é um dos mais importantes e é o sentido com o qual temos várias memórias e emoções ligadas a ele.

Ao entrar em uma floricultura, é possível identificar um perfume floral no ambiente, ao passar perto da cozinha de algum lugar e sentir o cheiro de café coado ou passar na rua e estar perto do caminhão que recolhe o lixo, todas essas situações tem cheiros característicos e você provavelmente pensou em cada um.

Agora, imagine se você for lembrado por clientes, amigos ou até mesmo familiares por causa de seu mau hálito. Infelizmente, essa lembrança negativa tem risco real para 40% da população brasileira.

De acordo com a Associação Brasileira de Pesquisas dos Odores Bucais, quatro em cada dez pessoas sofrem com halitose.

Na maioria dos casos, o mau hálito não se encontra no estômago ou está ligado a desordens estomacais, esse problema está na nossa boca, e é por isso que um dentista é o melhor profissional indicado para te ajudar a solucionar esse problema.

Na nossa boca existem centenas de bactérias, que estão lá para fins protetivos, ajudar no processo de digestão, porém se há um desequilíbrio entre elas e elas se proliferam formando a placa bacteriana, fazendo com que compostos sulforosos voláteis, que têm um odor mau cheiroso característico, sejam liberados.

As causas do mau hálito podem ser: estresse, mau higienização da boca, baixo consumo de água, consumo excessivo de álcool, dietas ricas em proteínas, uso do tabaco, alimentos com cheiro forte (cebola, alho, vinagre…) e vários outros fatores. 

Para acabar com o mau hálito existem 3 coisas que podem te ajudar:

  • Boa higiene bucal

Já foi comprovado que a má higienização da boca é um dos principais motivos pelos quais o brasileiro tem mau hálito.

Balas e chicletes além de ajudar a refrescar o hálito, ajudam na produção de saliva, mas isso é momentâneo, a higienização correta é peça fundamental para que o mau hálito não seja um problema na sua vida.

Escovar os dentes de maneira correta após as principais refeições, com auxílio de fio-dental antes da escovação, é um hábito que precisa fazer parte da rotina de todo mundo.

Somente dessa forma é possível eliminar as sujeirinhas que se acumulam entre os dentes e prevenir o tártaro que normalmente se formam e causam a halitose.

  • Escovar corretamente a língua

Outro passo importante da escovação é escovar a língua para remover a saburra ali presente.

A língua possui papilas gustativas que entre elas se formam criptas, como se fossem saquinhos que guardam resíduos de alimentos, células epiteliais descamadas e bactérias que podem começar a fermentar liberando um forte odor de enxofre. 

  • Beber pelo menos 2 litros de água por dia

Já falamos que a baixa produção de saliva influencia no mau hálito, e é exatamente por isso que pela manhã é o momento em que se sente mais o mau odor vindo da boca, já que durante a noite a produção de saliva diminui.

O indicado é que as pessoas bebam dois litros de água por dia, pelo menos. Ao beber pouca água, o fluxo salivar diminui, causando o aumento de alimentos entre os dentes e, junto com esses restos de alimento, as chances de desenvolver cárie e problemas periodontais, além da halitose.

Nós temos outras dicas em um ebook exclusivo, que te ajudará a como acabar com o mau hálito de forma instantânea e a longo prazo também.

EBOOK 5 DICAS

E por fim, consultas periódicas ao dentista também são atitudes bastante importantes para manter a saúde bucal em dia.

Assim como foi dito anteriormente, seu dentista é o melhor profissional para te ajudar, pois se o problema for diagnosticado no início, mais fácil é de resolve-lo e evita que problema futuros venham a surgir.

Precisa de visitar um profissional?

A Odontologia Clean quer te proporcionar um momento Clean, não só na consulta, mas para solucionar todas as suas dúvidas sobre sua saúde bucal. Agende já seu horário.

AGENDE UMA CONSULTA AGORA!