Quem fez clareamento dental pode tomar café?

Você tem muita vontade de realizar o clareamento dental, mas morre de medo das possíveis restrições alimentares após o procedimento? Não consegue viver sem o famoso cafezinho? Calma, calma, vai dar tudo certo!

            Não é novidade que o clareamento dental é um dos maiores queridinhos de influenciadores e celebridades. Esses grupos inspiraram muitas outras pessoas a descobrir todos os benefícios que o clareamento dental oferece. Mesmo assim, muita gente ainda tem receio de realizar o procedimento devido aos mitos espalhados sobre ele.

            No texto de hoje, nós iremos explicar melhor o que é o clareamento dental, quais são os tipos de clareamento existentes e se a alimentação realmente sofre alterações após o procedimento. Então, continue conosco até o final para entender melhor tudo!

O que é o clareamento dental? Quais são os tipos?

O clareamento dental é um procedimento que ocorre a partir de um agente clareador dental que tem como objetivo restabelecer a cor branca dos dentes, que foi perdida com o passar do tempo, seja por motivos naturais ou pessoais.

Existem dois tipos de clareamento dental: o clareamento clínico e o clareamento caseiro. No primeiro caso, o dentista usa produtos três vezes mais eficientes do que o usado na técnica caseira. Esses produtos são chamados de agentes clareadores, pois eles são aplicados nos dentes e quebram as moléculas pigmentadas, o que traz a cor original dos dentes.

            No clareamento caseiro, o dentista fornece um gel e uma moldeira personalizada para que o paciente aplique por conta própria em casa. Entretanto, ele precisará retornar semanalmente à clínica para avaliar a evolução do clareamento.

Afinal, quem fez clareamento dental pode tomar café ou não?

            Se você não funciona bem sem beber café todos os dias, pode respirar mais tranquilamente. Um estudo feito pela UEPG (Universidade Estadual de Ponta Grossa) e publicado no periódico científico Operative Dentistry avaliou dois grupos de pacientes com clareamento dental caseiro de peróxido de carbamida 16% por 3 horas ao dia.

O primeiro grupo consumiu café normalmente, além de realizar bochechos adicionar com a substância. O segundo grupo cortou totalmente o consumo do cafezinho e outros produtos com corante.

O resultado foi um total de zero mudança no clareamento dental em ambos os grupos. Sim, mesmo os pacientes viciados em café não tiveram problemas de manchas nos dentes clareados durante ou após o tratamento.

Os estudiosos explicaram que as moléculas do café não foram capazes de passar pelo esmalte do dente. Portanto, segundo a pesquisa, é possível sim manter o hábito de tomar café durante ou após o clareamento dental.

Mesmo assim, alguns dentistas sugerem que a pessoa fique pelo menos 48 horas sem consumir produtos com corantes, como vinhos, refrigerantes, chocolates, chás, molhos de tomate, entre outros. Se a abstinência bater, tente tomar as bebidas com canudinho!

Vale lembrar que para realizar um clareamento dental de qualidade, assim como outros procedimentos odontológicos, é necessário ir até uma clínica que seja referência em tecnologia, atendimento e tenha o maior nível de profissionalismo.

Para quem mora em Brasília, a BLU é uma excelente opção para quem sonha em ter o sorriso perfeito. A clínica dispõe dos melhores tratamentos e procedimentos, como o clareamento dental à laser que traz inovação e conforto para os pacientes, além de mais eficiência.

A BLU visa sempre o seu bem-estar, conforto e satisfação.

            Entre no nosso site e descubra o que podemos fazer por você!