Quem tem sensibilidade nos dentes pode fazer clareamento?

O clareamento dental é o sonho de muita gente. Afinal, quem não gosta de abrir um sorrisão iluminado contagiante? O procedimento permite que você recupere a cor branca original dos dentes, retirando aquele amarelado que vem com o tempo.

            Mesmo assim, algumas pessoas ainda não realizaram o clareamento devido à sensibilidade dentária. Quem tem sensibilidade sabe bem como os dentes ficam incomodados ao entrarem em contato com líquidos e alimentos muito frios ou quentes.

            A origem desse medo está no rumor de que pessoas com dentes sensíveis não podem fazer o clareamento dental. É por isso que, no texto de hoje, nós iremos explicar se isso é verdade, assim como apresentaremos outras informações importantes para quem deseja clarear os dentes, mas tem sensibilidade. Então, boa leitura!

Como o clareamento dental funciona?

            Antes de tudo, é importante entender melhor como o clareamento dental funciona para que depois você saiba como ele se relaciona à sensibilidade dentária.

            O clareamento dental é um procedimento que ocorre a partir de um agente clareador dental que tem como objetivo restabelecer a cor branca dos dentes, que foi perdida com o passar do tempo, seja por motivos naturais ou pessoais.

Existem dois tipos de clareamento dental: o clareamento clínico e o clareamento caseiro. No primeiro caso, o dentista usa produtos três vezes mais eficientes do que o usado na técnica caseira. Esses produtos são chamados de agentes clareadores, pois eles são aplicados nos dentes e quebram as moléculas pigmentadas, o que traz a cor original dos dentes.

            No clareamento caseiro, o dentista fornece um gel e uma moldeira personalizada para que o paciente aplique por conta própria em casa. Entretanto, ele precisará retornar semanalmente à clínica para avaliar a evolução do clareamento.

Afinal, quem tem sensibilidade pode fazer clareamento dental?

            A resposta curta é sim! Contudo, é importante mencionar que o clareamento dental não é indicado para as pessoas com hipersensibilidade aguda. Nesse caso, procure seu dentista para que ele possa lhe orientar no tratamento.

            Na verdade, todo mundo com dentes sensíveis precisa relatar isso ao dentista, para que ele descubra a causa do problema e assim tratá-lo antes do clareamento. Dependendo do caso, o dentista pode até realizar modificações no próprio procedimento para que ele não seja agressivo à sensibilidade dos dentes do paciente. Além disso, o dentista também pode receitar cremes dentais específicos ou um gel regenerador para serem usados após o clareamento.

            Geralmente, as alterações feitas no clareamento para quem tem sensibilidade dentária estão relacionadas à utilização prévia de produtos dessensibilizantes, assim como nitrato de potássio e flúor. O dentista também pode reduzir o tempo de exposição dos dentes ao gel de clareamento. Assim, o paciente fica mais confortável, sem dor e com um resultado mais satisfatório.

            Para conseguir um clareamento dental que respeite suas características específicas, é preciso ir até uma clínica que priorize conhecer bem os pacientes para assim oferecer o melhor procedimento a ele.

            Para quem mora em Brasília, a Blu é uma excelente opção para quem sonha em ter o sorriso perfeito. A clínica dispõe dos melhores tratamentos e procedimentos, como o clareamento dental à laser que traz inovação e conforto para os pacientes, além de mais eficiência.

No mês de outubro, a Blu oferece condições especiais para esse procedimento. Então, não demore para agendar sua consulta – lembrando que a primeira é gratuita!

A Blu visa sempre o seu bem-estar, conforto e satisfação.

            Entre no nosso site e descubra o que podemos fazer por você!